Músicos no Gana protestam por melhores condições de vida

Músicos e jovens do Gana realizaram uma manifestação de três dias em Accra, a capital do país, para expressar insatisfação com as difíceis condições de vida.

Liderados pelo grupo Democracy Hub, a manifestação, nomeada #OccupyJulorbiHouse, juntou vários artistas como Kelvyn Boy, M.anifest, D-Black, Pappy Kojo, Stonebwoy e Efya. Os manifestantes exigiram necessidades básicas e melhores oportunidades para sustentar suas famílias. A polícia impediu que eles apresentassem suas queixas no palácio presidencial, Golden Jubilee House.

Gana enfrenta um cenário económico desafiador, com previsões de crescimento económico baixo nos próximos anos, de acordo com o Banco Mundial.

Apesar da prisão de 49 manifestantes no primeiro dia sob acusações da manifestação ser ilegal, os protestos continuaram por mais dois dias, culminando em uma noite chuvosa de sábado. Os músicos enfatizaram a importância de unir-se em solidariedade com todos os ganenses, independentemente de afiliação política.

O organizador do protesto, Oliver Barker-Vormawor, prometeu que a acção levaria a mudanças, mesmo diante do silêncio do governo. A polícia expressou disposição para facilitar manifestações pacíficas, mas levantou preocupações sobre o local pretendido para o protesto, que é uma zona de segurança. Também pediu evidências de agressões, negando a ocorrência de incidentes relatados pelos manifestantes.

Os músicos ganenses têm uma tradição de usar sua influência para abordar questões sociais e políticas no país, como o fizeram durante a crise energética em 2015 com a campanha #DumsorMustStop.

© 2013 – 2023 Vicente News – Todos os direitos reservados.
ANGOVITECH Platforms (SU) Lda. Luanda, Angola NIF: 5001277014